Acupuntura no tratamento de paralisia de nervo facial em cão: relato de caso

A neuropatia periférica do sétimo nervo craniano é caracterizada pela paralisia aguda completa ou parcial, uni ou bilateral, dos músculos motores faciais, podendo ser causada por infecções, neoplasias, traumas, otites e endocrinopatias, sendo sua resolução conservativa ou cirúrgica. Foi atendido no Setor de Cirurgia de Pequenos Animais do Hospital Veterinário da FMVZ Unesp/Botucatu uma cadela da raça poodle, de 15 anos, castrada, com histórico de carcinoma recidivante de glândulas ceruminosas em conduto auditivo direito. Após a realização de procedimentos cirúrgico de ablação do conduto auditivo direito, complicada pelo comprometimento das estruturas e invasividade da neoplasia, o animal apresentou lateralização de cabeça, nistagmo horizontal e perda da acuidade visual bilateral. Os sinais clínicos se resolveram após administração de hidrocortisona 5mg/Kg em dose única e o cão foi liberado. Em retorno, apresentava perda dos reflexos palpebrais, resposta pupilar normal, porém não apreendia os alimentos adequadamente e foi encaminhado para o Setor de Acupuntura da Universidade com o diagnóstico de paralisia de nervo facial. Em atendimento no Ambulatório de Acupuntura, foi instituído tratamento com agulhamento seco por 15 minutos nos pontos B1, E1, E2, E6, VB1 e VB14 e Tai Yang como pontos locais, E36 para tonificação energética, F3 como circulador energético, VG16 para tirar vento interno e Yin Tang para acalmar a mente, bem como a administração de Viscum álbum D6 por via subcutânea no VG14 semanalmente, devido às propriedades antineoplásicas. Após 10 sessões de acupuntura o animal apresentava melhora no reflexo palpebral e apreendia o alimento de maneira adequada e por motivos financeiros, a tutora optou por interromper o tratamento. Conclui-se que a acupuntura estimulou a inervação facial, auxiliando o animal a retornar com os reflexos palpebrais, melhorando sua qualidade de vida.

Suellen V. Pinto1, Isis Alexandra P. Tinoco2, Débora Emy Karcher2, Maria Luisa Buffo de Cápua3

1 Médica Veterinária Residente em Acupuntura Veterinária FMVZ UNESP – Botucatu/SP, su_vieirap@hotmail.com

2 Médicas Veterinárias, integrantes do programa de aprendizagem e treinamento em Acupuntura Veterinária FMVZ UNESP – Botucatu/SP

3 Profa. PhD, voluntária do Serviço de Acupuntura Veterinária FMVZ UNESP – Botucatu/SP

Scroll Up